Category Archives: Politica Internacional

Gordon Brown, deixa a liderança dos Trabalhistas.

Gordon Brown

O primeiro-ministro inglês, Gordon Brown pediu ontem a demissão da liderança do Partido Trabalhista, com vista, a viabilizar o acordo entre os Trabalhistas e os liberais-democratas liderados por Nick Clegg, para uma eventual formação de uma coligação progressista para governar o Reino Unido. Recorda-se, que Nick Clegg, afirmou que para poder haver um eventual acordo entre trabalhista e liberais-democratas, era essencial a saída de Gordon Brown. Entretanto, até a formação de uma maioria parlamentar, Gordon Brown irá manter-se como primeiro-ministro.

Anúncios

Cuba e as Greves de fome.

 Nos últimos meses, Cuba tem sido noticia pelos casos de greve de fome, primeiro protagonizado, por Zapata e agora por Fariñas. Em relação a este assunto, penso que tem havido muito aproveitamento, por parte dos media e também de alguns governos, que tentam pregoar o moralismo, em relação aos direitos humanos, quando tem situações muito piores no seu território por resolver(Guantánamo, por exemplo). Penso igualmente que tem havido muita deturpação em relação a este assunto, pelas seguintes razões. 1- Zapata nem sequer era prisioneiro politico, não consta nos relatórios da ONU. 2 – foi preso por delito e por agressões a um vizinho com um machado. 3- a sua pena foi ampliada, por conduta agressiva na prisão. 4- Foi assistido artificialmente pelos médicos cubanos na tentativa de salvá-lo, não foi abandonado, como se diz por ai. 5- Se o governo cubano ceder, a moda pega, aliás já está a pegar, com o caso Fariñas, podendo levar à queda do regime comunista. Por último deixo-vos uma interrogação, se um americano, iniciasse uma greve de fome, para libertar  os prisioneiros de Guantánamo, encarcerados sem provas, naquele naco de território cubano,  acham que o governo americano cederia?

AI e HRW solidários com Baltasar Garzón

A organização internacional de Defesa dos Direitos Humanos, a Human Rights Watch, manisfestou hoje, junto do Presidente da Conselho da União Europeia,  a sua preocupação, quanto à eventual suspensão do conceituado Juiz espanhol Baltasar Garzón”por investigar as violações dos direitos humanos, cometidos durante a ditadura franquista”. A HRW, argumenta que Garzón, tem feito esforços, para se fazer justiça, às  vitimas de violações humanas no plano internacional, por isso não há razões para castigar Garzón,  por tentar fazer o mesmo no seu próprio País”. Já a Aministia Internacional, afirma, “que investigar desaparecidos, execuções extrajudiciais e casos de tortura, nunca deveria ser tratado como um acto criminoso” referindo-se à possivel suspensão de Baltasar Garzón.

Por incrivel que pareça, ainda existem agentes da justiça( e ao que parece com a cumplicidade/passividade do governo espanhol e da União Europeia) que são entrave ao trabalho desenvolvido por outros colegas, cujo o único crime que cometeram,  foi ter “remexido” no passado. No caso de Baltasar Garzón, o problema, é a sua imparcialidade, a sua honestidade e a sua transparência, quando desenvolve uma investigação. Não olha a individuos, nem à sua posição social, não olha a países, nem à sua posição mundial. É por isto que paises, com um “passa-montanhas” tentam urgentemente silenciar este Juiz, antes que se descobra, algo que os comprometa.

Onu pronta para supervisionar os Direitos Humanos no Saara Ocidental.

Depois de bastante tempo, em que as violações dos direitos humanos cometidas no Saara, não tiveram qualquer relevância nas prioridades da ONU, ao que tudo indica, segundo o enviado pessoal do Secretário-Geral da Onu, Ban Ki-Moon, este assunto ocupará um lugar de destaque, nas preocupações da Onu na renovação do próximo mandato da Missão das Nações Unidas para o Referendo no Saara Ocidental(Minurso), criada pelo Conselho Geral da Onu em 1991 para solucionar o conflito entre o Saara Ocidental e Marrocos.

Evo Morales, reeleito na Bolívia.

Crédito:AFP

O Presidente da República da Bolívia, Evo Morales, foi reeleito, no passado dia 6 de Dezembro, com cerca de 60% dos votos. Esta reeleição, é consequência do bom trabalho realizado, por Morales, durante o mandato anterior, nos quais lutou por politicas sociais e económicas, mais justas e mais transparentes.

Golpe Estado triunfa nas Honduras.

Nas eleições das Honduras no passado dia 30 de Novembro, os golpistas, os anti-democráticos foram premiados. Depois de terem escorraçado para fora do seu país, o presidente eleito democraticamente, Manuel Zelaya, criam de forma ardil, um escrutínio, com condições favoráveis à eleição do candidato da oposição, o que acabou por verificar-se sem surpresas. Foi portanto, uma vitória dos golpistas, que viram assim, o seu comportamento anti-democrático, e o seu desrespeito pela constituição vigente e pela vontade do povo, expressa nas eleições anteriores, premiados com eleição do candiadato Porfirio Lobo. À parte destas eleições, foi curioso ver tomada de posição da União Europeia e dos EUA, que aprovaram estas eleições fraudulentas e anti-constitucionais, considerando-as, como “ um passo significativo” para a recomposição da democracia nas Honduras.


A Face Oculta do Planeta.

A face oculta, palavra esta, que tem estado muito em voga, aqui em Portugal, pelas razões que todos os portugueses já conhecem. Mas hoje gostaria de falar de uma outra face oculta, com contornos e repercussões bem diferentes desta “Face Oculta” Portuguesa.




Esta Face Oculta tem um nome, chama-se Bilderberg. É uma espécie de governo omnipresente, sem legitimidade, que é constituído por um grupo de 130 pessoas, com bastante influência em diversas áreas, desde a economia à política.


Esta face oculta maléfica, revestida no governo sem estado, apesar de não ser eleito por ninguém, tem bastante força e influência, nas decisões políticas tomadas pelos diferentes governos das nações. O seu espaço de influência, é mundial, e atinge várias áreas, como o ambiente, saúde, política, a economia, militar.

Tony Blair pagará, por aquilo que fez?

O ex- primeiro-ministro britânico, Tony Blair,  irá depôr no início de 2010, sobre a  Guerra do Iraque, na qual, o Reino Unido a par dos Estados Unidos, tiveram um papel preponderante, na eclosão do conflito. A investigação, irá anlisar o periodo entre 2001 e 2009, no sentido de saber, como feito, a preparação da guerra, a informação de Inteligência usada pelo governo de Blair, para justificar, o recurso à guerra, e o pós-guerra.
Gostaria de saber, como é possível, que este politico, seja um sério candidato, a governar a Europa?

Mais em informação em:http://www.elpais.com/articulo/internacional/Blair/tendra/declarar/guerra/Irak/enero/elpepuint/20091113elpepuint_7/Tes

Foi à 20 anos…

Por esta altura, isto é, do dia 8 para 9 de Novembro de 1989, o muro de Berlim ruía,  o mundo bipolarizado deixava de existir. O antagonismo que opôs a URSS aos Estados Unidos durante mais de 40 anos, deixava de fazer sentido. Posteriormente,a  URSS começou  a fragamentar-se, devido às várias aspirações  nacionais dos estados-membros, que culminou  com a reunificação da Alemanha a 3 de Outubro de 1990, e mais adiante com o desmoronamento da URSS, em 1991. Este desaparecimento da URSS, permitiu ocidentelização dos estados que faziam parte do território soviético, como se veio a verificar, com adesão à União Europeia e  à economia de mercado, por parte, da Polónia, Bulgária, Estónia, Lituânia, Letónia, República  Checa, entre outros…

Eleições Presidenciais em Moçambique.

Armando Guebuza, está em boa posição para ser novamente eleito Presidente de Moçambique, deixando os dois principais adversários politicos, a uma distância considerável.Neste momento Guebuza conta com mais de 70 % do sufrágio eleitoral, quando falta apurar, aproximadamente 10 % das mesas de voto.

Stop Blair!

Depois do péssimo desempenho, enquanto primeiro-ministro britânico, Tony Blair é apontado, a par de Jean-Claude Juncker(actual primeiro-ministro luxemburguês), como forte candidato, para assumir a Presidência do Conselho da União Europeia.



Enquanto isso, corre uma petição na internet, para sensibilizar os lideres dos 27 estados-membros da União Europeia, a não votarem em Tony Blair.

Clique aqui para saber tudo sobre Conselho da União Europeia.

ETA, volta atacar..


Desde o inicio de 2009 a Euskadi Ta Askatasuna(ETA), já realizou 8 atentados, deste 8 atentados, resultou a morte de 3 civis. Com este tipo de acções, a ETA não conseguirá ganhar o respeito e apoio da Comunidade Internacional que outrora já teve, na sua luta pela independência do País Basco.

Matar civis,não é solução para nada, muito menos para independência do País Basco!

Berlusconi com bafio a fascismo…

O actual primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, já nos habituou, com o seu desempenho político impróprio, através de constantes gaftes, inerentes de uma evidente falta de cultura política, o que de pior se faz na política. Desta vez, o assunto, é a lei de combate á imigração, com laivos do antigo regime fascista de Benito Mussolini. A Câmara de Deputados de Itália, aprovou uma lei que torna possível, criminalizar imigrantes que entram ou permaneçam em Itália ilegalmente, com uma multa entre os 5 mil e 10 mil euros, como se isso não basta-se, a mesma lei prevê até três anos de prisão para quem arrende casa a um imigrante ilegal e também a patrulha de cidadãos, que tem como objectivo denunciar possíveis imigrantes ilegais.

Imigração Ilegal, não é crime, mas sim a solução, para fugir das guerras, da miséria, da fome, das doenças, que afligem milhões de seres humanos espalhados pelo o mundo…

Rafael Correa firme no poder…

O actual Presidente do Equador, Rafael Correa, foi reeleito, esta noite, com mais de 50% dos votos. Depois de ter sido eleito, pela primeira vez, em 2007, pelo partido Alianza PAIS. O primeiro mandato de Rafael Correa, ficou marcado, pela aproximação às esquerdas progressistas e nacionalistas, praticadas por Hugo Chávez e Evo Morales, e também de alguma ousadia, face ao imperialismo americano, chegando ao ponto, de qualificar o presidente do E.U.A. George W.Bush, de tremendamente torpe.