Category Archives: Personalidades Internacionais

A visita de Bento XVI

 

Papa Bento XVI

Ainda falta 4 dias para a visita do Papa Bento XVI, mas a sua visita, já suscita  grande movimentação, por Lisboa, Fátima e Porto, por esta ordem, as cidades que o Papa vai visitar. A segurança do Papa é a principal preocupação das autoridades. Depois da tentativa de assassinato a João Paulo II em Fátima a 12 Maio de 1982, as autoridades receiam, outra tentativa de assassínio.Para salvaguardar, a integridade fisica do Papa Bento XVI, a policia vai fechar algumas artérias de Lisboa e do Porto, limitar os estacionamentos nas ruas paralelas à rua onde o Papa irá passar, retirar os ecopontos localizados no trajecto que o Papa fará, apoio da Força Área, video-vigilância, ect… Eu diria,  um aparato megalómano, se tiver-mos em conta , a visita quase despercebida de Dalai Lama.

Anúncios

Afrikâner Eugène Terre’Blanche

 in” Courrier Internacional” de Janeiro 2010
O Afrikaner Weerstandsbeweging(AWB), é um grupo político sul-africano de extrema-direita, liderado por Eugène Terre’Blanche (na foto), que luta pela constituição de uma república bôer independente, Boerestaat, como havia no século XIX, aplicando a  supremacia branca.O simbolo do AWB é composta de três “setes” circundados por um círculo branco, com um fundo vermelho, muito idêntico à cruz suástica dos nazis alemães. Apesar destas parecenças, o seu líder histórico,  Eugène Terre’Blanche afirma que o símbolo representa 777, número de Jahweh (do hebraico, Deus), em oposição a 666, número do anticristo. Segundo Terre’Blanche, o vermelho representa o sangue de Cristo, e o preto simboliza a bravura e a coragem.

A AWB também usa a bandeira da república de Transvaal, colônia neerlandesa na África do Sul

@wikipédia

Chega ao fim a greve de Aminetu Haidar.

É com imensa alegria, que vejo chegar ao fim, a greve de fome da Activista Aminetu Haidar. A mulher que estava disposta a sacrificar a sua própria vida, pelo seu povo, que tanto a venera. Durante os 32 dias de greve, Aminetu Haidar, mostrou ao mundo, que vale pena lutar, por um mundo melhor, em que haja respeito pelos direitos humanos.

Há homens que lutam um dia, e são bons;

Há outros que lutam um ano, e são melhores;

Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;

Porém há os que lutam toda a vida

Estes são os imprescindíveis
Bertold Brecht

Deixem Aminetu Haidar regressar a casa!

Aminetu Haidar, a "Gandhi" Sarauí

Aminetu Haidar, é uma conhecida activista dos direitos humanos e autodeterminação do povo Sarauí, no Sara Ocidental, que  se encontra actualmente em greve de fome por tempo indeterminado, no aeroporto de Lanzarote. A sua entrega, na luta pelo respeito dos direitos humanos no Sara Ocidental, já lhe valeram honrosos reconhecimentos, entre os quais o prémio “Coragem Civil 2009” da fundação John Train.E como diz Goethe, “Só é digno da liberdade, como da vida aquele que se empenha em conquistá-la”, esperamos que o povo Sarauí consiga a sua liberdade.






Salvador Puig Antich

Salvador Puig Antich, foi um anarquista catalão, a quem o regime franquista, ceifou a vida aos 25 anos de idade, de um forma cobarde, horrível, e sem misericórdia, sendo executado com um Garrote civil ¹ , depois de o tribunal  militar, ter o considerado culpado da morte de um guarda civil em Barcelona. Como tantos jovens da sua idade, Salvador, impulsionado  pelo espirito do Maio de 1968, pela falta de liberdade de expressão em Espanha,  e pela emancipação da classe trabalhadora, revoltou-se contra, o regime despótico do General Franco, pagando nefastamente com a sua própria, esse afrontamento ao regime franquista. A sua vida está retrada, no livro de Francesc Escribano, intitulado “Cuenta atrás. La historia de Salvador Puig Antich”, o qual deu origem a um filme, realizado por Manuel Huerga, com o mesmo nome do anarquista catalão.

¹Garrote vil  é uma peça, utilizada como instrumento de tortura, que provocava a morte lentamente, à medida que se vai apertando. O garrote era aplicado no pescoço da vítima, mantida imóvel amarrada a uma cadeira. Era frequemente utilizado em Espanha, onde a sua prática foi legal entre 1820 e 1978, altura em que foi abolida a pena de morte em Espanha.



Em baixo um exemplo de garrote vil.


Alda Merini-"A Garota Milanesa", morre aos 78 anos.


A minha poesia tem para mim a importância da minha própria vida, é a minha palavra interior, a minha vida

Caminhada para Vitória

Fidel Castro, faz hoje 83 anos!


Homem de fortes convicções, Fidel Castro assumiu-se sempre, como defensor do Socialismo, governou os destinos de Cuba durante mais de 4 décadas.Figura controversa, Fidel Castro, não passa de um ditador para milhões de pessoas, que subjugou o seu povo ao seu regime totalitário, acusando o mesmo, pela miséria material que existe em Cuba, pela falta de liberdade de expressão, pela constante violação dos direitos humanos.Enquanto para outros, Fidel Castro foi um revolucionário que entrou em Havana, em 1959 na companhia de Che Guevara, Camilo Cinfuegos, Raul Castro e muitos outros revolucionários, e que libertou Cuba do Domínio Ianque, que salvou o povo da ditadura de Fulgência Batista, que instruiu o povo cubano, através do seu programa universal de Educação, que permitiu a Cuba ter um dos melhores sistema de saúde do mundo, sendo de realçar que todos os cubanos tem direito à saúde seja qual for o seu estrato social. Deste sistema de saúde mais de 70 mil médicos cubanos estão em várias partes de globo, a combater, doenças como, a malária, a HIV, catástrofes naturais.
Sendo também de realçar que apesar de em Cuba existir miséria material, esta, está entre os 70 países com taxa elevada de Índice Desenvolvimento Humano (iDH), não existe qualquer programa alimentar da ONU em Cuba, situação que só acontece, em caso de graves carências alimentares, sendo importante não esquecer esta situação, tendo em conta, que Cuba atravessa um embargo económico americano desde década de 60.

Nas próximas décadas vamos ver quem triunfará em Cuba, se o socialismo ou se o capitalismo…

Isidora Dolores Ibárruri Gómez -La Pasionaria


Isidora Dolores Ibárruri Gómez (também conhecida como La Pasionaria) foi uma líder comunista espanhola.O seu nome verdadeiro era Isidora Ibárruri Gómez. Ela nasceu em Gallarta, uma localidade de Biscaia, (província do País Basco) na Espanha, a 9 de Dezembro de 1895 e faleceu em Madrid em 1989.

Isidora Dolores Ibárruri Gómez distinguiu-se durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939), ao instigar os republicanos contra as tropas do General Franco com a frase: “É melhor morrer de pé do que viver de joelhos! Eles não passarão!”.

Fonte:Wapedia

Carlo Giuliani, 8 anos depois da sua morte

Anna Politkovskaya

Anna Politkovskaya, foi jornalista e activista russa, assassinada, a 7 de Outubro de 2006, em Moscovo.Os seus artigos jornalisticos bastante comprometedores sobre actuação de Kremlin na Chechénia, nomeadamente a violações de direitos humana, terá sido a razão para o seu assassínio.Em Outubro de 2002 foi uma das mediadoras na crise do teatro Dubrovka gerada quando um grupo de rebeldes da Tchetchénia, que sequestrou um grupo de pessoas que assistia a um espectáculo. Em Setembro de 2004 tentou ser mediadora no caso da escola de Beslan, na Ossétia do Norte, mas ficou doente tendo sido levada para um hospital de Rostov-on-Don onde lhe foi diagnosticado um envenenamento.
A sua morte é apontado por várias ONG´S, como um crime politico.

Óscar Niemeyer


Óscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares Filho, nasceu no Rio de Janeiro a 15 de Dezembro de 1907, é considerado um dos arquitectos mais influentes da Arquitectura Moderna Internacional. Foi pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado (Cimento Armado). Muitos admiram os seus trabalhos, enquanto outros consideram, Óscar Niemeyer, uma pessoa, vaidosa, fútil e contraditória, caracterizando ao mesmo tempo, as suas obras de elitistas e egoístas, que servem somente para alimentar o seu ego. As suas orientações político-ideológicas, assumindo-se nas suas posições, como um forte apologista das políticas estalinistas, também são uma das razões, para estas demonstrações de sentimentos antagónicos, em relação à sua personalidade. Durante alguns anos da ditadura militar de Getúlio Vargas, Óscar Niemeyer exilou-se em França, tendo visitado durante esse tempo, a União Soviética, onde estabeleceu, contactos com diversos líderes socialistas. Durante o inicio da sua carreira de arquitecto até aos dias de hoje, Óscar Niemeyer, fui, por diversas vezes galardoado. Na sua longa carreira, constam, várias obras arquitectónicas com carácter político, da sua autoria, tais como:

-Monumento a Carlos Fonseca Amador, Nicarágua, 1982
-Monumento “Tortura Nunca Mais”, Rio de Janeiro, 1986
-Monumento “Nove de Novembro” (dedicado aos três operários assassinados durante a greve de Novembro de 1988), Volta Redonda, 1988
-Escultura Mão, na Praça Cívica do Memorial da América Latina , 1989
-Memorial da Ilha de Gorée, Largo de Dakar, Senegal, 1991
-Escultura “Uma Mulher, uma Flor, Solidariedade”, Parque Bercy, Paris, 2007
-Escultura para Cuba (doação), Havana, 2007
Actualmente, continua a fazer a sua vida normalmente, entre o escritório de trabalho e a sua casa, apesar dos seus 101 anos.

Fotos de algumas das suas obras.





Uma das suas frases mais célebres:

“Não me sinto importante. Arquitectura é a minha forma de expressar os meus ideais: ser simples, criar um mundo igualitário para todos, olhar as pessoas com optimismo. Eu não quero nada além da felicidade geral”.

Hauwa Ibrahim

Hauwa Ibrahim, de 40 anos, é advogada defensora dos direitos humanos, natural de Abuja, na Nigéria, desde muito cedo, que é uma activista incansável, na luta contra o fundamentalismo religioso.
Hauwa Ibrahim, criou o que pode ser considerado, uma profissão extraordinária: defender pessoas condenadas de acordo com Sharia ¹ islâmica , aplicada em doze estados do Norte da Nigéria. As condenações à morte, embora não sejam presentemente executadas, continuam a ser pronunciadas. Desde 1999, Hauwa Ibrahim, foi advogada de defesa, sem receber honorários, em 47 processos, muitos dos quais, implicando mulheres acusadas de adultério e sujeitas à morte por lapidação (apedrejamento). Foi graças, à sua capacidade de sensibilizar a opinião pública internacional, que tornou possível salvar, as vidas de Amina Lawal, Safiya Hassain e Hafsatu Abubakar. Participou igualmente, de forma enérgica, noutros processos inplicando, penas cruéis e desumanas, como a condenação de mulheres à flagelação (Sova, Castigo), ou de jovens à amputação por furto. Hauwa Ibrahim, defendeu, com êxito, o que Sharia impõe aos tribunais islâmicos, o respeito pelos direitos processuais e substantivos garantidos pela lei islâmica, bem como, pela Constituição da Nigéria e pelos tratados internacionais sobre os direitos humanos assinados pelo país. Actualmente a causa Huawa Ibrahim, já ultrapassou as fronteiras da Nigéria, mas falta-lhe a missão mais importante, a de fazer ouvir a sua voz no seu próprio país.

¹ Sharia- é o Órgão da Lei religiosa que orienta os Sunitas e os Xiitas. O Islão não faz bem a distinção entre vida religiosa e secular, e portanto a Sharia cobre não só, os rituais religiosos e a administração da Fé, como, também os aspectos do dia-a-dia.