A"avó" do movimento feminista nos EUA, morre aos 98 anos

Assistente social de formação, Dorothy Height começou a sua luta pelos direitos civis e a igualdade de sexo na década de 1930, actuando para evitar os linchamentos, proibir a segregação nas Forças Armadas dos EUA, reformar o processo penal e promover o livre acesso a instituições públicas no País. Dorothy Height foi possivelmente a mulher mais influente nos altos escalões de liderança dos direitos civis, mas nunca atraiu a atenção da grande imprensa, que conferiu celebridade e reconhecimento a outros líderes dos direitos civis da sua época. Em 1994, o então presidente Bill Clinton concedeu-lhe a Medalha Presidencial da Liberdade, maior condecoração para um civil dos EUA. Em 2004, Height voltou a ser condencorada, desta vez, com a Medalha de Ouro do Congresso. Acabou por falecer hoje, aos 98 anos.

Advertisements
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: