Quando há referendo, o caso muda de figura.

Ontem realizou-se na Islândia, a primeira consulta popular. Neste escrutinio, o governo islandês, decidiu dar a voz ao povo, sobre o pagamento das dividas do banco ICESAVE ao Reino Unido e à Holanda. A resposta dos islandeses, foi clara, 93, 3 %, disse não,  ao pagamento de 2, 5 mil milhões à Inglaterra e 1,3 mil milhões à Holanda, por estes terem compensado, cerca de 340 000 dos seus cidadões lesados pela a falência do banco islandês. 

Por cá se houvesse um referendo, para saber se o Estado deve ou não compensar financeiramente, os clientes do BPP que perderam o seu dinheiro, não duvido que a resposta seria  idêntica. Porque quem deposita o seu dinheiro nos banco privados, sabe o risco que corre,  ora pode ganhar, ora pode perder tudo. Se ganha, os lucros serão somente para si, se perde, não somos nós(Estado) que devemos ressarcir o montante perdido por estes clientes, devido à incompetência de gestores dos bancos(pagos a preços de ouro), que utilizam as poupanças dos clientes em investimentos de risco.

Advertisements
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: