Alberto João Jardim, o Humorista


Alberto João Jardim, continua, na crista do bom humor que se faz na política portuguesa. Desta vez é comunismo, o seu alvo. A sua proposta, assenta na revisão da Constituição Portuguesa, de modo a proibir regimes fascistas e comunistas, porque segundo diz ele” A democracia não deve tolerar comportamentos e ideologias autoritárias e totalitárias, não apenas de direita – como é o caso do fascismo, esta expressamente prevista no texto constitucional – como igualmente de esquerda, como vem a ser o caso do comunismo, não previsto no texto constitucional”, ora por esta ordem de ideias, o seu regime há muito que já devia ser proibido.

Porquê?

Vou mencionar aqui alguns exemplos do comportamentos deste ditador, disfarçado de humorista na terra das bananas, que a democracia não devia tolerar…

-Controla a comunicação social, através do Jornal da Madeira, que é financiado com dinheiro público para fazer propaganda ao PSD/Madeira.

-As autarquias de outras cores politicas na Madeira, são simplesmente, discriminadas.

-Ofensa a jornalistas, chamando-lhes filhos da p….

-Discriminação a Homossexuais, classificando de deboche” e de “degradação” o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A democracia não pode pactuar com estes tipo de politicos…

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: