Óscar Niemeyer


Óscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares Filho, nasceu no Rio de Janeiro a 15 de Dezembro de 1907, é considerado um dos arquitectos mais influentes da Arquitectura Moderna Internacional. Foi pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado (Cimento Armado). Muitos admiram os seus trabalhos, enquanto outros consideram, Óscar Niemeyer, uma pessoa, vaidosa, fútil e contraditória, caracterizando ao mesmo tempo, as suas obras de elitistas e egoístas, que servem somente para alimentar o seu ego. As suas orientações político-ideológicas, assumindo-se nas suas posições, como um forte apologista das políticas estalinistas, também são uma das razões, para estas demonstrações de sentimentos antagónicos, em relação à sua personalidade. Durante alguns anos da ditadura militar de Getúlio Vargas, Óscar Niemeyer exilou-se em França, tendo visitado durante esse tempo, a União Soviética, onde estabeleceu, contactos com diversos líderes socialistas. Durante o inicio da sua carreira de arquitecto até aos dias de hoje, Óscar Niemeyer, fui, por diversas vezes galardoado. Na sua longa carreira, constam, várias obras arquitectónicas com carácter político, da sua autoria, tais como:

-Monumento a Carlos Fonseca Amador, Nicarágua, 1982
-Monumento “Tortura Nunca Mais”, Rio de Janeiro, 1986
-Monumento “Nove de Novembro” (dedicado aos três operários assassinados durante a greve de Novembro de 1988), Volta Redonda, 1988
-Escultura Mão, na Praça Cívica do Memorial da América Latina , 1989
-Memorial da Ilha de Gorée, Largo de Dakar, Senegal, 1991
-Escultura “Uma Mulher, uma Flor, Solidariedade”, Parque Bercy, Paris, 2007
-Escultura para Cuba (doação), Havana, 2007
Actualmente, continua a fazer a sua vida normalmente, entre o escritório de trabalho e a sua casa, apesar dos seus 101 anos.

Fotos de algumas das suas obras.





Uma das suas frases mais célebres:

“Não me sinto importante. Arquitectura é a minha forma de expressar os meus ideais: ser simples, criar um mundo igualitário para todos, olhar as pessoas com optimismo. Eu não quero nada além da felicidade geral”.

Advertisements
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: